Posts

cerebro

Liderança e as redes neurais

richard-boyatisDesde 1970 Richard Boyatzis faz estudos na área de liderança, segundo ele, no mínimo 50% das pessoas que estão na posição de liderança não tem qualidade para isso. Outros 20% apresentam valor em apenas um tipo de medição ou outro, entretanto a maior parte do tempo os líderes que vocês estão em contato não são realmente bons. Nesta pesquisa foi percebido que líderes eficazes tem algumas características em comum, entre elas:

  • Senso compartilhado de esperança e visão;
  • Nos ajudam entender
  • Não se preocupam em primeiro com finanças mas sim porque existimos como organização.
  • Se preocupam e cuidam das pessoas a volta deles.
  • Apresentam atenção (mindfullness)
  • Genuínos e honestos
  • Nos inspiram
Se um líder começa a reunião falando de finanças é provável que ele é um líder ineficaz, pois segundo a pesquisa realizada em uma série de exames neurológico feito com pessoas de 49 anos de idade, foi pedido que eles lembrassem durante o escaneamento de momentos chave de liderança em suas vidas.
Foi descoberto que temos duas redes neuronais a “padrão” que é responsável pelos relacionamentos com pessoas, e a rede neuronal de “tarefa” que é aquela que usamos quando estamos trabalhando.
Nós precisamos da rede neuronal de “tarefas” para resolver problemas e realizar ações, enquanto usamos a rede neuronal “padrão” para ser criativo e se relacionar com as pessoas.
Toda vez que um líder enfatiza tarefas, números e análise ele suprime a rede neuronal padrão, parte responsável pela criatividade e novas ideias.
Quando habilitamos o uso da rede neural “padrão” desabilitamos o uso da rede neural “tarefa” e vice-versa. O problema é que na área de negócios muitas coisas se relacionam com análise e finanças áreas que ativam a rede neuronal “tarefa”. A grande missão do líder é equilibrar as redes neuronais. E estão fazendo um estudo agora que mostra que líderes eficazes alternam entre os dois tipos de redes neurais.
Formula um

O que realmente me impede o sucesso?

Sucess“Nada interfere tanto no desenvolvimento humano como o medo e a dúvida.” Myles Downey

As interferências são todos os tipos de pensamentos e emoções que nos atrapalham e tiram nosso poder em nossa vida. Podem ser vozes em nossa mente que nos geram emoções a todo momento e que nos deixam inseguros e desempoderados.

Pelo medo de fazer errado, nos motivamos e tentamos encontrar o “jeito certo”, aí surge a interferência, o que gera ainda mais medo e dúvida. Até mesmo a preguiça e a procrastinação estão diretamente associadas ao medo em sua raiz, assim como boa parte da nossa autossabotagem. Fácil até aqui, já localizamos o grande vilão, mas o grande desafio é percebe-lo no momento em que estamos agindo.

No momento que somos movidos pelo medo estamos mais propensos para as interferências que geram mais insegurança e perdemos muito do nosso desempenho, pois andamos pra frente e pra trás, como um carro patinando na lama e assim continuamente.

Não é a toa que um dos principais trabalhos de um coach é estabelecer um terreno seguro para seu coachee se desenvolver, esse terreno começa internamente nas suas crenças, valores, e externamente em seu cotidiano, no seu modo de vida, relacionamentos, etc.

A interferência que vem em grande parte do medo e dúvida, é o principal obstáculo ao desempenho. Quando estamos concentrados e a interferência ou a maior parte dela é removida, entramos num estado mental que algumas vezes pode ser chamado de fluxo.

No estado de fluxo, somos capazes de feitos que podem ser considerados façanhas, ou ações acima da média para o que conhecemos como “normal”, pois estamos quase sem interferência nenhuma, isso é possível quando estamos plenamente presentes e concentrados no momento.

Formula umUm exemplo disso é o consagrado piloto de fórmula 1, Ayrton Senna. Em vários depoimentos ele conta que durante a corrida entrava num estado de incrível acuidade. Isso que permitia ele fazer  as maravilhosas corridas que conhecemos, e no ponto de vista de vários estudiosos ele entrava através da extrema atenção no estado de fluxo.

Durante o processo de coaching após a fase de inicial que alicerça a segurança no planejamento, é muito comum o coachee se sentir mais confiante e motivado para correr pequenos riscos durante a execução de algumas ações e pode acontecer de ter alguns vislumbres do estado de fluxo nessas ações. Essa é uma das mágicas que podem acontecer nesse processo e que faz muita diferença para quem experimenta.

Medo e a dúvida são desafios constantes em nossa vida, entretanto, ao cultivar um estado interno de atenção ao momento, melhoramos as condições para se viver mais seguros, felizes e satisfeitos, e assim temos a chance de experimentar o estado de fluxo.

Coaching

Quando utilizar coaching em sua vida?

O coaching é um processo para quem quer planejar sua vida profissional e pessoal. O trabalho de um coach é levar seu cliente do ponto atual ao ponto desejado.

Durante o processo de coaching que ocorre em parceria coach e coachee (cliente), expandimos a visão para novos horizontes e assim definimos claramente onde o coachee quer chegar, desse ponto em diante trabalhamos seus valores, competências e habilidades.

O papel do coach é levar o coachee e de maneira rápida a caminhar para seus objetivos e sonhos, se movendo num ritmo constante e ascendente a cada ação. É muito comum os impedimentos surgirem já no início, chamo isso de “combustível”, pois o coach inspira o coachee enxergar cada desafio como uma oportunidade, e transformar problemas em soluções. Existe uma gama de maneiras do coach lidar com problemas, por exemplo aumentar os potenciais talentos do coachee e lapidar suas fraquezas entre outras são apenas ferramentas do coach.

Um coach é um profissional certificado por institutos competentes no Brasil e exterior, ele utiliza ferramentas e técnicas já testadas e certificadas por institutos internacionais de coaching. Além disso um coach precisa estar atualizado sobre a neurociência, PNL, psicologia positiva, técnicas e novos estudos para desenvolvimento humano.

O coaching é um trabalho de parceria muito bem distribuído, nós não ficamos apenas ouvindo o coachee, é desenvolvido um planejamento através de perguntas e definimos uma sequencia de ações estratégicas a cada sessão, utilizamos ferramentas específicas para alavancar aquele resultado desejado.

A maior parte das pessoas que procuram um coach, são profissionais corporativos ou empresários que geralmente sabem onde querem chegar, mas não conseguem estabelecer um ritmo com foco e disciplina necessárias para alcançar um objetivo.

Quem utiliza os serviços de um coach, quer ir além de onde está. São pessoas mais ambiciosas, que não se acomodam, e procuram um caminho mais rápido e eficiente.  Isso é um resumo, mas já da para ter uma noção de quando utilizar coaching em sua vida. Para saber mais entre em contato conosco.